MARKETING

F8: Novidades da conferência anual do Facebook

F8: Novidades da conferência anual do Facebook

O Facebook realizou a conferência F8, um evento anual que destinado a programadores e apresentado pelo próprio Mark Zuckerberg, em que são anunciados os desenvolvimentos da rede e planos futuros. Dadas as implicações que esta conferência tem em toda a indústria e até na vida dos utilizadores, reuni alguns pontos que me pareceram ser os mais relevantes em termos dos desafios que colocam às marcas.

O “roadmap” a 10 anos

De acordo com dados do Facebook, por dias são trocadas 60 mil milhões de mensagens em todo o mundo através do Messenger e do WhatsApp, o que representa um volume três vezes superior ao das SMS.

Durante os próximos três anos, o foco será a melhoria Facebook e do seu ecossistema em geral. Para os próximos cinco anos, a ideia é reforçar o que podemos alcançar com o Messenger, WhatsApp ou Instagram. Nos próximos dez anos o Facebook vai-se concentrar em tecnologias como drones, satélites, lasers, inteligência artificial e realidade virtual.

Inteligência artificial ao serviço de apoio a Cliente

O Messenger vai progressivamente tornar-se num ecossistema para aplicações com múltiplas finalidades para além da sua atual utilização como ferramenta de conversação. Convertê-lo no canal de Social Customer Care mais relevante para as marcas, em detrimento do email e telefone é uma das apostas do Facebook. Como? Com recurso a inteligência artificial (os chamados chatbots), a tecnologia, aos poucos, vai substituindo (ou pelo menos diminuindo) tarefas que exijam menos criatividade e intervenção humana. Desta forma, os utilizadores da rede poderão estar em contato regular com as marcas, sendo de esperar que estas apostem no desenvolvimento de serviços para automatização do messenger para Social Customer Care.

A aposta continuada no Vídeo e conteúdos em direto

Os formatos vídeo continuarão a ter destaque. O Vine, Instagram, MSQRD ou o Boomerang são algumas das apps que permitirão substituir a foto tradicional de perfil por um vídeo sem se ter que sair da aplicação.

O lançamento de uma atualização para a aplicação DJI Go possibilita também aos utilizadores de alguns drones desta marca a capacidade de partilharem vídeos em direto através do Facebook Live.

O desenvolvimento da realidade virtual (VR)

O desenvolvimento da realidade virtual como a próxima grande plataforma social bem como o investimento em inteligência artificial e a sua aplicação à área da saúde (reconhecimento de imagem e o seu potencial no diagnóstico imediato de doenças) é outra das grandes apostas de Zuckerberg.

Foi apresentado protótipo da câmara Facebook Surround 360, um dispositivo com 17 lentes numa estrutura em forma de disco, que permite criar vídeos em 360 graus para as plataformas de realidade virtual.

FaceBook Camera

Por fim, esta é apenas uma seleção de algumas das novidades apresentadas, que dado o seu impacto e inovação parecem-me ser as que terão mais repercussões no universo das marcas. Mark aproveitou a ocasião para evidenciar que “em vez de muros, devemos construir pontes”, deixando subliminarmente uma mensagem com conotação política ao aspirante a candidato republicano dos EUA.

You Might Also Like

No Comments

    Leave a Reply