MARKETING

Novidades da Conferência F8 do Facebook

Facebook Developer Conference

facebook Conferência F8 Zuckerberg
“Chegou a hora de reinventar a forma como as pessoas e os negócios comunicam entre si”, foi uma das frases emblemáticas de Mark Zuckerberg na sexta edição da conferência F8.

A primeira destas conferências surgiu em 2007 e desde então é sempre com muita expectativa que a comunidade acompanha este evento pois normalmente são apresentados os “next steps” e para onde caminha a rede. Por exemplo, foi nesta conferência que em 2010 foi anunciado o botão “like” e em 2011 a introdução da timeline.

E dia 25 de Março, lá estava toda a comunidade, um pouco por todo o mundo atenta ao que Mark iria revelar. Estive também a acompanhar o evento e destaco três novidades que me pareceram ser as mais relevantes:

Messenger torna-se numa plataforma

Facebook MessangerEsta é considerada a maior novidade anunciada. Os developers vão poder criar aplicações que vão funcionar dentro do serviço de mensagens do Facebook. Será possível, por exemplo, editar um vídeo e enviá-lo através da app de forma simples e fácil. Por seu turno, o Messenger Business vai estar orientado para empresas, podendo ser usado para comunicação interna nas conversações entre colegas de trabalho. Adicionalmente, o Facebook pretende fomentar a utilização da plataforma para acabar com a quantidade de e-mails que os consumidores recebem ao efectuar uma compra online. A ideia é passarem a utilizar o Messenger como uma plataforma de contacto entre lojas online e os consumidores. As confirmações de compra, pagamento e envio seram partilhadas com os consumidores via Messenger.

Lançamento do Analytics para apps

Facebook Analytics“O Facebook evolui centrado na forma como o mundo se conecta. Agora o Facebook é uma família de aplicativos”, foi outra das frases de Zuckerberg na conferência, recordando alguns números marcantes da empresa: o Facebook tem 1,4 mil milhões de utilizadores, o WhatsApp tem 700 milhões e o Instagram 300 milhões.
O lançamento do Analytics para apps permite aos developers o acesso a número de utilizadores, taxas de utilização e de abandono, entre outras estatísticas relevantes. Esta novidade promete facilitar que um maior conhecimento do seu público da página e a forma como estes utilizam os aplicativos.

Aposta continuada no formato vídeo

Facebook vídeo AppO Facebook, como sabemos, analisa detalhadamente o tipo de conteúdo que as pessoas mais partilham. Se antes, o foco era em texto, hoje em dia as imagens são mais relevantes, mas no futuro o Facebook acredita que os vídeos serão um formato privilegiado. Os vídeos poderão agora ser “embedded” em páginas (como é possível fazer com os vídeo do YouTube). A rede social irá avançar com os vídeos 360º como forma de aumentar o conteúdo disponível para os óculos de realidade virtual Oculus, cujo fabricante o Facebook comprou no ano passado. Este formato de vídeos também poderá ser inserido no Feed de Notícias e visualizado mesmo sem os óculos específicos.

Em suma, a palavra do dia mais utilizada foi “people” e os oradores destacaram diversas vezes que as novidades e produtos começam a ser pensados e desenvolvidos focados nas pessoas e na forma que estas se conectam o mundo. Deixo-vos também a compilação oficial dos conteúdos apresentados na conferência: http://goo.gl/sGJLiI

You Might Also Like

No Comments

    Leave a Reply