MARKETING

Realidade Aumentada: A nova aposta do Facebook

Realidade Aumentada: A nova aposta do Facebook

É sempre com grande expectativa que todos os anos a comunidade aguarda pela F8, a conferência anual do Facebook que se dirige aos developers e em que se anunciam algumas novidades e produtos novos que a rede social vai lançar num futuro próximo.

Acompanhei em direto o evento e na minha opinião de tudo o que foi anunciado acredito que o que terá maior impacto na forma como as marcas irão tirar partido do ecossistema Facebook (que inclui Facebook, Instagram, Messenger, WhatsApp, etc) será a grande aposta na realidade aumentada.

Facebook-F8-2017-Tango

Olhando para esta aposta numa perspectiva mais transversal, vemos claramente que esta aposta é dominante e transversal a vários players no mercado na área do mobile. Veja-se o exemplo da Google com o lançamento do projeto Tango. O projeto Tango é um projeto da Google em que um smartphone é equipado com sensores especiais capazes de mapear o ambiente em três dimensões afim de utilizá-lo em aplicações de realidade aumentada.

Já foram feitas várias parcerias entre a Google e fabricantes, nomeadamente com a Lenovo. Recentemente as duas empresas colaboraram com o Detroit Institute of Arts e já é possível, por exemplo, fazer uma visita guiada ao museu através de realidade aumentada com recurso aos smartphones Lenovo Phab 2 Pro.

Também o ASUS Zenfone AR utiliza a tecnologia Tango da Google e juntamente com a Daydream, a mais recente plataforma da Google e sucessor do Cardboard, que permite navegar por conteúdos de realidade virtual e aumentada. Existe grande expectativa no lançamento do novo iPhone 8 e são muitos os rumores que apontam também no caminho de funcionalidades de realidade aumentada.
O Facebook na F8 anunciou que também está na corrida da Realidade Aumentada. Uma das frases que Mark Zuckenberg disse que achei que resume grande parte do que foi anunciado foi: “A câmara é o elemento mais importante de um smartphone hoje em dia”.

Assumindo esta premissa, o Facebook pretende fomentar a utilização da câmara indo mais além do que meramente tirar fotos. Basicamente os esforços são no sentido de acrescentar um layer à realidade…e isto é, realidade aumentada.

Para tal, o Facebook vai permitir aos developers em todo o mundo desenvolverem aplicações de realidade aumentada que possibilitam adicionar elementos artificiais que se sobrepõem ao mundo real.

Anunciaram o SLAM, isto é uma funcionalidade que permite localização e mapeamento simultâneos, permitindo colocar objetos virtuais num ambiente real. Mais do que colocar estes objetos num espaço será possível fazê-los interagir entre si. Ainda mais interessante é ainda o reconhecimento de objetos e tal faz com que o smartphone consiga perceber que o utilizador se encontra perto de um objeto e pode aplicar efeitos. Foi lançada a Camera Effects Platform para developers ainda em fase beta.

Concluindo, para as marcas é claramente um novo desafio aquele que se avista. Dada a elevada taxa de penetração mobile, a exploração das funcionalidades da câmara e da interação com a realidade avizinham-se como o próximo passo.

You Might Also Like

No Comments

    Leave a Reply